top of page
Buscar
  • Foto do escritorsindicatoruralderioverde

Integração da GTA e Nota Fiscal Avulsa ficará suspensa no carnaval



Agrodefesa explica que situação decorre de mudanças na área de Tecnologia da Secretaria da Economia. Emissão de GTA segue normal e Nota Fiscal pode ser obtida nas Agenfas, no Vapt Vupt ou NFA-Web


A Secretaria da Economia, por meio da Superintendência de Tecnologia da Informação (STI), terá de suspender periodicamente a integração do processo de emissão de Guias de Trânsito Animal (GTA), que é feito pelo Sistema de Defesa Agropecuária de Goiás (Sidago), da Agrodefesa, e a Nota Fiscal Avulsa. A medida decorre da migração das aplicações do Mainframe (computador de grande porte) para nova plataforma.


O procedimento de migração será iniciado às 19 horas do dia 17 de fevereiro, com previsão de término à meia noite do dia 21. Neste período, os sistemas finalísticos vinculados à Secretaria da Economia ficarão totalmente ou parcialmente indisponíveis. O gerente de Tecnologia da Agrodefesa, Carlos Howes, explica que a emissão de GTA continuará normalmente no sistema Sidago. Já a Nota Fiscal poderá ser obtida nas Agenfas, unidades do Vapt Vupt ou NFA-Web.


Howes informa também que outro caminho é antecipar a emissão de GTA e da Nota Fiscal, o que pode ser feito até o dia 17, em especial por aqueles produtores que já tiverem previsão de movimentar os animais durante a suspensão dos sistemas. Outros serviços como emissão de Termo de Transferência Animal (TTA), Permissão de Trânsito Vegetal (PTV), Autorização de Trânsito Vegetal (ATV), consulta de rebanho/ficha e emissão de DARE terão funcionamento normal no período.


Modernização A migração das aplicações é mais uma ação do processo de modernização do parque tecnológico da atual gestão da Economia. “O período do feriado de carnaval foi escolhido para mitigar o impacto que pode causar aos colaboradores da Economia e de outras secretarias do governo estadual e aos contribuintes”, explica o superintendente de Tecnologia da Informação da Economia, Gustavo Vieira Tomás. O projeto de migração dos sistemas do Mainframe para a plataforma x86 no Data Center Corporativo foi iniciado em fevereiro do ano passado, pela STI em parceria com a Subsecretaria de Tecnologia da Informação da Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (SEDI). É um processo complexo executado em várias etapas ao longo desse período. “O novo ambiente ganha em performance, com a redundância de dados e, consequentemente, alta disponibilidade dos serviços para os usuários internos e para os contribuintes”, ressalta Gustavo.

A Superintendência de Tecnologia da Informação da Economia disponibilizou canais para esclarecer quaisquer dúvidas dos contribuintes e demais usuários dos sistemas. O telefone de contato é (62) 3309-6900 ou e-mail ti-atendimento.economia@goias.gov.br.


Informações: Agência Goiana de Defesa Agropecuária com informações da Secretaria da Economia – Governo de Goiás.


0 comentário

Σχόλια


bottom of page