top of page
Buscar
  • Foto do escritorsindicatoruralderioverde

PECUARISTAS SE REÚNEM PARA TRATATIVAS SOBRE O SETOR




Assim como diversos setores do campo lidam com a instabilidade do mercado e não conseguem controlar o que acontece porteira a fora, a área da pecuária não é diferente e a bola vez é a pecuária de corte. Os preços pagos aos pecuaristas pela arroba do boi gordo apresentam uma das maiores quedas, cerca de 20%, enquanto o valor gasto para manter a qualidade da produção continua alta.

O Sindicato Rural de Rio Verde (SRRV) está continuamente se posicionando para atender as demandas do setor produtivo e diante do momento delicado enfrentado pela pecuária brasileira, realizou na manhã desta sexta-feira, 01/09, uma reunião com cerca de 30 pecuaristas para um bate papo sobre as questões, desafios e possíveis ações que a médio e longo prazo podem evitar que o setor passe por tamanha dificuldade.



O vice-presidente do SRRV, Everaldo Barbosa Pereira, deixou explicito a capacidade do setor de voltar à normalidade da atividade. “Se o volume de bois é mínimo então a liquidez é muito baixa, temos que nos atentar que o formato de criar bois mudou e a nossa maneira de vender esses bois precisa acompanhar e evoluir também, conhecer a cadeia total- de uma ponta a outra, nos garante mais espaço de ações, a causa é longa, mas é nossa”, explicou o vice-presidente.

O presidente do Sindicato Rural de Jataí, Evandro Vilela, também comentou sobre a situação. “O momento é crítico, mas também é oportuno para os pecuaristas e entidades se organizarem e desenvolverem estratégias que a longo prazo a classe não passe mais por isso”.



Os pecuaristas deram sugestões, detalharam as ações necessárias para que a atividade tome outro rumo e se colocaram a disposição para unir forças. Estiveram presentes na reunião pecuaristas de Rio Verde, Jataí, Iporá e Acreúna.


Reunindo as sugestões dos participantes, foram detalhadas as seguintes ações:

- Dar maior atenção a qualidade do rebanho, práticas de criação, barreira sanitária e a legislação;

- Expandir para novos mercados;

- Buscar novos modelos de criação;

- Preparar o produtor com cursos, para melhor entendimento das questões mercadológicas;

- Reativar a comissão de pecuária bovina do Sindicato de Rio Verde;

- Unir a cadeia produtiva e a indústria;

- Promover campanhas que mostrem os benefícios da carne e a importância de seu consumo;

- Reunir com outras instituições e incentivá-las a se unirem a pecuária.


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page