top of page
Buscar
  • Foto do escritorsindicatoruralderioverde

TAXAÇÃO DO AGRO: VOTAÇÃO DEVE ACONTECER NESTA QUARTA-FEIRA


O clima esquentou na Assembleia Legislativa de Goiás na tarde desta terça-feira, 22, data em que estava marcada a segunda votação do projeto de lei que quer taxar os produtos do agronegócio.

Com o plenário lotado de produtores rurais de todos os cantos do estado, a palavra de ordem do dia era: “Não a Taxação”.

Apesar de todas as formas de intimidação que foram impostas durante a sessão, com a presença de inúmeros servidores de deputados e do próprio Governo Estadual, os produtores rurais não baixaram a cabeça e se mantiveram firmes em defesa contrária ao projeto, que se aprovado, prevê uma contribuição de até 1,65% paga pelo setor do agronegócio em Goiás.

A sessão iniciou às 15:00 horas e os deputados contrários ao projeto usaram a tribuna para expor o ponto de vista. O Deputado delegado Eduardo Prado (PL) solicitou a retirada de pauta dos projetos nº 10803/22 e nº 10804/22, que foi rejeitado pelos deputados da base do governador Ronaldo Caiado.

Após a rejeição do requerimento, produtores rurais invadiram o plenário e sessão foi encerrada antes da votação, por decisão do presidente da Alego, o deputado Lissauer Vieira (PSD).

A pauta entrará em votação na tarde desta quarta-feira, 23, de forma híbrida, ou seja, sem a presença de pessoas nas galerias.

0 comentário

Comments


bottom of page