Parceiros

 

© Copyright 2018 - Sindicato Rural de Rio Verde Goiás 
Todos os direitos reservados

+55 64 3051-8700

 

Rua 72 Q, 22 - Bairro Popular,
Rio Verde/GO

 

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
assinatura branca pqn.png
Buscar
  • sindicatoruralderioverde

PRESIDENTE DO SRRV GARANTE JUNÇÃO DE SEFAZ E AGRODEFESA EM RIO VERDE




Em reunião na secretaria da Economia, na Capital, e com o apoio do deputado Lissauer Vieira, Luciano garantiu vários benefícios para o agronegócio


Acompanhado pelo presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, deputado Lissauer Vieira; pelo produtor rural, Sadi Secco e pelo contador, João Valongo, o presidente do Sindicato Rural de Rio Verde, Luciano Guimarães, esteve nesta quinta-feira, 16, em reunião na Secretaria de Estado da Economia, em Goiânia. O objetivo da audiência junto à secretária Cristiane Schimidt foi reivindicar alguns benefícios para o agronegócio regional.


Entre as solicitações, já atendidas pela secretária, está a unificação da Sefaz e da Agrodefesa em um mesmo espaço, facilitando o atendimento. A secretária da Economia garantiu que essa fusão é uma realidade e que no próximo dia 29, será inaugurada uma nova agência da Sefaz, no Buriti Shopping, em Rio Verde. “Nosso principal objetivo na secretaria é a desburocratização, para atender bem o contribuinte. Essa junção desburocratiza e agiliza”, disse Cristiane.


O deputado Lissauer garantiu, junto com a secretária, viabilizar ainda uma unidade bancária, da Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil, para funcionar no mesmo espaço. “Com a mudança da sede da Sefaz, que funciona ao lado da Agenfa, poderia prejudicar o produtor rural, que teria um deslocamento maior para emitir a nota fiscal, o GTA e fazer o pagamento. Com a união desses órgãos em um mesmo local, ficará ainda melhor, com mais comodidade”, alegou o deputado.


Unificação de Inscrição


Outra reivindicação antiga dos produtores rurais de Goiás é a unificação das inscrições estaduais. O contador João Emílio Valongo apresentou um projeto à secretária, com sugestões para as inscrições.

Cristiane Schimidt recebeu as reivindicações e, neste caso, pediu 10 dias para uma resposta. Outras demandas foram apresentadas para a melhoria dos contribuintes, em especial ao setor produtivo.


Por Ascom Alego