top of page
Buscar
  • Foto do escritorsindicatoruralderioverde

O AGRO PRESENTE NO DESFILE CÍVICO DE SETE DE SETEMBRO EM BRASÍLIA

Luciano Jayme Guimarães, Presidente do Sindicato de Rio Verde, esteve à frente da comitiva

A movimentação em comemoração aos 200 anos da Independência do Brasil começou cedo em Brasília. Milhares de pessoas, vindas de todos os cantos do país, assistiram ao desfile que foi marcado por uma demonstração nunca vista antes de amor a pátria e a Bandeira Nacional.

O presidente, Jair Bolsonaro (PL) chegou ao local por volta das 9h15, no Rolls-Royce Silver Wraith da Presidência da República, acompanhado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro e de crianças. Logo após, desceu do veículo e andou próximo aos brasileiros que acompanhavam o ato cívico.

A comemoração contou com a presença de tropas militares, escolas, desfile de blindados e aeronaves.

Aviões da Esquadrilha da Fumaça espalharam as cores da bandeira do Brasil no céu da capital. Carros militares trafegaram na via N1 do Eixo Monumental, e estudantes de colégios militares e escolas públicas também desfilaram.

O agronegócio também foi representado. Um momento histórico e marcante, quando 28 tratores entraram na avenida e mostraram a força do agronegócio.

Mais emocionante ainda, foi que o Presidente do Sindicato Rural de Rio Verde, Luciano Jayme Guimarães e sua esposa Kelly Welita, abriram o desfile do agro em um CBT amarelo, levando não comente o nome do Sindicato Rural, mas também de Rio Verde e de Goiás para todo o país.

A abertura dada ao agronegócio no desfile cívico de sete de setembro, vem em um momento onde o setor se destaca como protagonista na produção de alimentos no mundo e com forte poder exportador.

O público presente recebeu os maquinários aos gritos “Agro, Agro”.

Esta foi a primeira vez no desfile cívico-militar que o agronegócio foi representado.

0 comentário

コメント


bottom of page